domingo, 3 de agosto de 2014

"Estrela d'Alva", a canoa alada - ESTÓRIA nº 1 - Palestra 100 ilhas antes de morrer - 2ª versão - Recife 3


Leia uma introdução a esta série de 30 posts aqui.



"Estrela d'Alva", a canoa alada - foto de Benno Grapentin



Palestra "100 ILHAS ANTES DE MORRER" - 2ª VERSÃO - RECIFE


estória nº 1 - "Estrela d'Alva", a canoa alada.

- Mudança do Rio para Cabo Frio, cidade pesqueira.

- Tudo que eu mais queria era
comer um peixe pescado por mim.

- Comprei uma bateira a remo.

- Uma cena do trailer do filme "Deus é Brasileiro", do Cacá Diegues, lembrou-me que eu poderia, talvez, transformar minha canoa à remo "Estrela d'Alva", num barco à vela de fortuna.

- Graças ao bi-campeão brasileiro e juiz internacional de regatas Nils Ostergren a mágica e lenta transformação foi iniciada.

- Após vários aperfeiçoamentos, incluindo três velas em prolan, full-batten e tri-radiais desenhadas pelo Arnaldo Andrade da "Cognac Velas", a "Estrela d'Alva" navega com eficiência e tornou-se conhecida no Brasil todo, graças a matérias publicadas na revista Náutica e Velejar, no jornal "O Globo" e no programa televisivo "Mar Brasil".

- Circum-navegando as 20 ilhas que se estendem entre Búzios, Cabo Frio e Arraial do Cabo tive a ideia de tentar conquistar 100 ilhas do planeta Terra e foi aí que nasceu o projeto 100 ILHAS ANTES DE MORRER.

- Realizei um curso e um estágio na escola francesa de Vela Les Glénans.

Obs - Nem todos os tópicos acima foram abordados.

Fernando Costa



Leia uma introdução a esta série de 30 posts aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários, críticas ou elogios farão meu blog evoluir. Obrigado por participar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...