sexta-feira, 1 de abril de 2016

Não, não, viagem é outra coisa... - 30 memórias sobre a mais difícil, pra não dizer impossível, das minhas travessias OCEÂNICAS





- Felicidade pra mim é navegar à vela rumo à uma ilha desconhecida*.

- Certo?

- Certo! 

- A ilha em questão chama-se
São Luís do Maranhão.

- Luís significa luz.

- Eu também chamo-me Luís.

- Mas meu Luís é com z.

- A ilha é bonita e constava da minha lista das 100 escolhidas, mas, "tem sempre um mas", a travessia foi... foi... um "osso duro de roer", no dizer da minha avó Balbina.

- Conto mais pra vocês assim que restaurar minhas forças.

- Porque estou assim tão exausto?

- Por várias razões, a mais importante delas foi ter sido obrigado a timonear um certo barco, DOZE horas por dia, DEZ dias a fio.

- Preciso dizer mais?

- Qual foi a última vez, colega velejador, que você timoneou um veleiro recalcitrante DOZE horas por dia, de TRÊS em TRÊS horas, durante DEZ dias consecutivos?

- Hein?

- Viagem?

- Não, não, viagem é outra coisa, digamos que acabo de realizar um duríssimo curso de sobrevivência em alta* MAR, isso sim.

- Querem saber quantos quilos emagreci em DEZ dias?

- SEIS!

- Emagrecer nesses tempos obscuros de pandemia de obesidade é sempre bom e recomendável, mas...

- Mas emagrecer SEIS quilos em apenas DEZ dias de viagem é muito, não?

- A continuar neste ritmo até o fim desta aventura terei quantos quilos?

Fernando Costa, mais morto do que vivo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários, críticas ou elogios farão meu blog evoluir. Obrigado por participar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...