quinta-feira, 25 de maio de 2017

E por aí vai... - Pensando Alto 37






É só a gente passar um tempo maior que uma semana numa cidade brasileira pras más lembranças se acumularem:

- Vejamos o que já me aconteceu de negativo em Niterói nos últimos meses...


- Um tombo de bicicleta (por culpa do asfalto defeituoso e muito defeituoso) na estrada Leopoldo Fróes, esquina com a rua Joaquim Távora.

- Uma bicicleta roubada do estacionamento que fica ao lado da Secretaria Municipal de Fazenda, Rua da Conceição, nº 100. 

- Uma roda dianteira de bicicleta roubada do bicicletário das Barcas, no centro de Niterói. (Atenção que não foi no recém-inaugurado bicicletário Araribóia.)

- Uma ameaça de assalto em plena luz do dia, na avenida Ernani do Amaral Peixoto, próximo à praça da República.

- Uma enseada de Jurujuba super poluída e infernizada por catamarãs gigantes (que trafegam a altíssima velocidade provocando ondas colossais), pra se velejar a bordo de uma casquinha de noz altamente instável chamada "Estrela d'Alva".

- E por aí vai...

- Ah, Brasil, Brasil, Brasil, o que foi que você fez do belo futuro que nós tanto sonhamos pra você?

- Transformou-o numa guerra civil ainda não declarada?

- Nós, quem?

- Eu mais o Stefan Zweig, autor de "Brasil, país do futuro".
 
Fernando Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários, críticas ou elogios farão meu blog evoluir. Obrigado por participar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...