terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Vendée Globe - Turista decapitada por lancheiro em Cabo Frio + a curiosa estratégia de Jean-Pierre Dick para fugir da tempestade! - 37° dia




- Imagine qual seria a sua reação amiga leitora, se sua bela filhinha de dez anos viesse passar um fim de semana ensolarado, aqui onde me encontro, em Cabo Frio e voltasse... sem cabeça!!!!

- Hipótese absurda?


- Não, não, estamos falando da dura e cruel realidade.

- Pasme, mas um lancheiro navegando, como sempre a "mil por hora", degolou uma menina de dez anos com a perversa hélice de sua lancha, na entrada do Canal de Itajurú.

- Lembram-se quando escrevi sobre a entrada do Canal de Itajurú como sendo um dos pedaços de mar mais perigosos do Brasil?

- Qual a pena que esse crime merece?

- Qual outro senão a de morte?

- Trataremos deste grave assunto mais adiante, por hora falemos da planetária Vendée Globe.

- O que mais chamou-me a atenção neste 36º dia desta hercúlea prova, foi a inédita estratégia do super-velejador francês Jean Pierre Dick para fugir da violenta tempestade que rolou ao sul da Austrália.

- Isso jamais foi feito durante uma Vendée Globe.

    - Que foi que ele fez?

- Refugiou-se entre a Australia e a Tasmânia. 

- A criatividade em plena* MAR, não tem limites, não é verdade?

  Fernando Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários, críticas ou elogios farão meu blog evoluir. Obrigado por participar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...