segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Vendée Globe - A Ressurreição da Estrela d'Alva + A alegria do Romain Attanasio - 36° dia





- Bom dia amigas e amigos leitores.

- Queria dizer-lhes que publiquei ontem quatros posts neste oceânico blog que literalmente evaporaram.

- Porque?


- Não sei.

- Tentarei resumir neste e nos próximos posts publicados (em tempo) o que eu havia escrito.

- Mas isso é difícil...

- Se minha memória fosse fotográfica...

- Mas não é.

- Pena.

- Queria dizer-lhes que quando a gente pensa que está tudo perdido,  surge uma nova esperança de salvação.

- Acreditam que surgiu do nada um ótimo carpinteiro aqui em Cabo Frio e ressuscitou minha querida “Estrela d’Alva”  “em três tempos”.

- Qual o nome dele?

- Dedeco Metralha!

- Falaremos muito mais sobre esse palpitante assunto futuramente.

- Tem um super velejador tão feliz quanto eu na Vendée Globe.

- Quem?

- Romain Attanasio.

- Dolores Duran cantou que “queria a alegria de um barco voltando”.

- Eu quero a alegria de um velejador solitário que reparou os dois lemes do seu veleiro, com os recursos de bordo e ganhou o raro privilégio de continuar disputando a regata Vendée Globe, que ele considerava perdida.

Fernando Costa



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários, críticas ou elogios farão meu blog evoluir. Obrigado por participar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...