sexta-feira, 13 de maio de 2016

O barco à vela e a bicicleta - Exposição Virtual - 30 fotos inéditas feitas entre 2011 e 2016

Leia uma explicação para esta série de 30 posts clicando aqui


Gibraltar - 2013 - foto de Fernando Costa



- Creio que já disse a vocês que o que eu mais queria é viver num mundo, em que só existissem dois meios de transporte.

- Todos dois ecologicamente corretos, todos dois inteligentíssimos no dizer do agregado José Dias, personagem do mais sofisticado
romance brasileiro.

- Quais?

- Quais poderiam ser senão o barco à vela e a bicicleta?

- Imaginem então minha felicidade, quando deparei-me pela primeira vez na vida com esse ótimo sistema de empréstimo automático de bicicletas, que encontrei em Gibraltar, Reino Unido.

- O Itaú fez o mesmo no Brasil.

- Palmas pro Itaú, que ele merece.

- Só não peço que vocês aplaudam o Itaú de pé, porque ele ainda não teve a brilhante e inédita ideia de patrocinar um sistema de empréstimo automático de veleiros no Brasil, país que possui uma costa de 8.500 Km com MARes sempre navegáveis.

- Ia-me esquecendo de dizer algo importante.

- A vela e o ciclismo são dois esportes complementares.

- O ciclismo trabalha as pernas do atleta e a vela seus braços.

- Na verdade a gente não veleja com os braços e sim com o cérebro, mas...

- Precisa dos braços pra içar velas, segurar a cana do leme, aplicar forras de rizo, dentre outras mil e uma grandes e pequenas manobras, que fazem parte da arte zen de velejar.

Fernando Costa


Leia uma explicação para esta série de 30 posts clicando aqui


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários, críticas ou elogios farão meu blog evoluir. Obrigado por participar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...