segunda-feira, 9 de maio de 2016

Christophe Lebas do Class 40 "Carac Advanced Energies" - 30 perguntas para 30 participantes da Transat Jacques Vabre 2015




Christophe Lebas e Louis Duc a bordo do Class 40 "Carac Advanced Energies" - 20 de novembro de 2015 - Itajaí - foto de Fernando Costa


Fernando Costa - Navegando numa equipe minimalista de apenas dois integrantes, como é o caso durante a Jacques Vabre, eu gostaria de saber se durante o tempo que um skipper dorme, o outro se aproveita pra fazer tudo que bem deseja com o veleiro ou ao contrário fica temeroso de cometer algum erro e comprometer o desempenho da equipe na regata?

Christophe Lebas - Risos - Bem, nós formamos uma equipe e portanto nossos objetivos são comuns e democráticos. Não podemos tomar decisões arbitrárias que contrariem o interesse comum. Na verdade nós não somos dois e sim três, porque o barco que nossos vizinhos ingleses tratam de she*, é também uma pessoa. Pessoa do gênero feminino, que merece todo nosso respeito e consideração. A bordo do "Carac Advanced Energies" nós tomamos a seguinte decisão. Nós três precisamos chegar juntos a Itajaí. Percebe? Portanto não existe a possibilidade entre nós de tomarmos decisões sem que haja consenso anterior.


http://www.carac.fr/

http://www.advanced-energies.com/

(tradução livre e reinterpretação do depoimento de Christophe Lebas feitos por Fernando Costa)



- Agradeço à jornalista suíça Barbara Fournier e ao navegante francês Arnaud Babin pela preciosa ajuda. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários, críticas ou elogios farão meu blog evoluir. Obrigado por participar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...