quinta-feira, 7 de abril de 2016

Navegando pelas nuvens - 30 memórias sobre a mais difícil, pra não dizer impossível, das minhas travessias OCEÂNICAS



Nuvens - foto de Fernando Costa


- Pergunta para o colega navegante, que vem preparando-se com afinco para a próximo exame de Capitão Amador.

- Já estudou Navegação Eletrônica?

- Sim?

- Já estudou Navegação Astronômica?

- Ok!

- E "Navegação pelas Nuvens", já estudou?

- Não???!!!

- Acho bom estudar.

- Foram as providenciais NUVENS que nos salvaram, ao longo dessa duríssima travessia, que durou DEZ, mas deixou a sensação de CEM desagradáveis dias de MAR.

- Atenção que quando digo "navegar pelas nuvens", não estamos falando de Meteorologia.

- Não, não, absolutamente, a "navegação pelas nuvens" a que me refiro é bem mais simples, mas fundamental.

- Trata-se de timonear guiando-se por uma providencial nuvem boiando lá... no horizonte distante.

- Qual a utilidade disso?

- Tornar possível seguir um rumo, quando você não dispuser a bordo de piloto automático, nem de leme-de-vento, nem de agulha magnética e seu "Logiciel LightHouse" da Raymarine atualizar dados com atraso considerável.

- Caso hipotético?

- Não, não estamos falando do caso real que vivemos a bordo do "Carlitos", navegando entre João Pessoa e São Luís.

Fernando Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários, críticas ou elogios farão meu blog evoluir. Obrigado por participar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...