sábado, 27 de fevereiro de 2016

Todo veleiro é uma catedral ambulante - Conversando com meus botões 22



Mastro do "Marapuama" - dezembro de 2015 - foto de Fernando Costa




- "Quanto mais longe da costa mais perto de Deus".

- Um veleiro, todo veleiro é uma igreja ambulante e todo velejador de alta* MAR é cristão, por mais ateu que queira
parecer.

- Volta e meia ajoelha-se ao pé do cruzeiro do mastro e reza pra Santa Bárbara.

- Minha Santa Bárbara! 

- Ó minha querida Santa Bárbara fazei com que nenhum desses fulminantes raios que riscam o céu, caia sobre meu pobre veleirinho...

- Se eu já rezei essa oração desesperada?

- Já sim.

- Onde?

- Navegando entre o Caribe e os Açores em companhia do instável "Viking Hamlet", que toda vez que rolava tempestade com relâmpagos, desertava apavorado do cockpit e deixava a cana-do-leme do veleiro na minha mão.

- "Segura a onda aí" Fernando, que eu morro de medo de raios a bordo de um veleiro.

Fernando Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários, críticas ou elogios farão meu blog evoluir. Obrigado por participar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...