terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Onde uma certa "Borboleta" espera por mim há um ano - Velejando do Rio de Janeiro a Cabedelo, a bordo do ágil Class 40 "Creno Moustache Solidaire" 12




"Skipper Sérgio" + "La Brute" sobre o convés de proa do "Creno Moustache Solidaire"  - dezembro de 2015 - foto de Fernando Costa



- Como prometido em meu post anterior aqui vão mais cinco razões importantes pra eu ter embarcado no ágil "Creno Moustache Solidaire" rumo ao norte, eu que por princípio e profissão de fé gosto só de "velejar por velejar" e abomino
regatas.

6 - Porque a tripulação do "Creno Moustache Solidaire" foi a única a convidar-me para sua festa comemorativa de chegada, no restaurante da Marina Itajaí. (Parabéns por aquela agradável soirée* amigos Tibault Hector e Morvan Launay!)

7 - Porque a nova tripulação também é simpática. Estamos falando de "Capitú", "Skipper Sérgio" + "La Brute".

8 - Porque o veleiro em princípio faria escala em Salvador, Bahia, onde uma certa "Borboleta" espera pacientemente por mim há mais de um ano.

9 - Porque "Creno Moustache Solidaire" foi o último barco participante da última edição da Transat Jacques Vabre a chegar a Itajaí e a Bíblia, todos sabem, reza que os últimos serão os primeiros e os primeiros últimos. 

10 - Porque trata-se da primeira oportunidade, que se me apresenta de por em prática meus conhecimentos de Navegação Astronômica, minha mais nova paixão nesse mundo de Deus e do Diabo idem.

Fernando Costa


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários, críticas ou elogios farão meu blog evoluir. Obrigado por participar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...