sábado, 12 de dezembro de 2015

Um velejador brasileiro rodeado de velejadores franceses por todos os lados - Velejando de Itajaí ao Caribe a bordo do sofisticado "Creno Moustache Solidaires" 12




Eduardo Penido + seus amigos franceses, a bordo do "Zetra", primeiro veleiro brasileiro, com tripulação 100% brasileira a participar da Transat Jacques Vabre


- E pensar que tivemos de esperar 22 anos pra assistir a essa histórica e bela cena...

- Um velejador brasileiro rodeado de velejadores franceses por todos os lados, sobre um veleiro brasileiro, todos participantes da
última edição da Transat Jacques Vabre.

- Brasileiros do meu Brasil, quando é que vocês irão perceber que uma regata oceânica é mais bela, inteligente e emocionante que uma partida de futebol?

- Quando isso acontecer, teremos não apenas um, mas dez, vinte, trinta, cem veleiros brasileiros participando de todas as regatas oceânicas.

- Porque participar da mais longa das transats é assim tão importante?

- Porque mulheres e homens capazes de cruzar o oceano a bordo de um barco à vela, ao longo de um percurso de 5.400 milhas, são no mínimo dez vezes mais evoluídos que o melhor dos jogadores de futebol, esse esporte amigo da vagabundagem, jogado com os membros inferiores e que vem se tornando cada vez menos honesto, até beirar a mais selvagem barbárie.

Fernando Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários, críticas ou elogios farão meu blog evoluir. Obrigado por participar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...