domingo, 18 de outubro de 2015

Desmatamento Zero - 30 importantes matérias sobre o meio ambiente 18





ECODEBATE


A Câmara recebe 1.4 milhão de assinaturas propondo o Desmatamento Zero no país

Publicado em outubro 9, 2015

Uma grande manifestação em defesa do meio ambiente marcou, nesta terça-feira (7), a entrega aos parlamentares ligados à causa socioambiental do projeto de lei de iniciativa popular, que contou com 1.4 milhão de assinaturas, propondo o Desmatamento Zero no Brasil. O coordenador da Frente Parlamentar Ambientalista, deputado Sarney Filho (PV-MA), que foi o primeiro a receber as assinaturas, afirmou que somente uma grande mobilização popular como esta coordenada pelo Greenpeace poderá deter os
ataques à legislação, como ocorreu com as mudanças no Código Florestal que permitiram desmatar em áreas de proteção ambiental e de preservação permanente.

“Setores atrasados do agronegócio são hoje maioria na Câmara, mas não representam o sentimento da sociedade, como ficou claro hoje. Criando uma massa crítica, com mobilizações como esta, poderemos aprovar proposições que garantam o respeito aos direitos difusos da sociedade”, afirmou Sarney Filho.

Participaram da cerimônia, realizada no salão verde da Câmara e depois estendida à Comissão de Legislação Participativa, onde as assinaturas foram entregues em várias caixas, crianças, dirigentes de ONGs, representantes da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Conselho Indigenista Missionário (CIMI) e artistas, como Maria Paula, Caio Blat, Jorge Pontual, Paulo Vilhena e Valesca Popozuda. As assinaturas foram coletadas pelo Greenpeace durante três anos.

O dirigente do Greenpeace, Paulo Adário, comemorou o resultado da campanha. “Esta será a Lei Áurea do Desmatamento, porque, a partir dela, não será mais possível derrubar uma árvore nativa no país. Ao aprová-la estaremos lutando a favor das florestas e protegendo a água, que está desaparecendo devido aos desmatamentos”, afirmou.

Para marcar o momento, ativistas do Greenpeace realizaram uma intervenção artística no Salão Verde do Congresso, com a montagem de um mural de 2,16 metros de altura por 6,71 metros de comprimento, formada por mais de seis mil fotos enviadas pelas pessoas que colaboraram com a campanha com a mensagem “Desmatamento Zero já!”.

Crianças

Na Comissão de Legislação Participativa, a sessão foi presidida por uma criança que recebeu oficialmente as assinaturas. Artistas presentes se manifestaram contra os desmatamentos. “Chega de bla-blá-bla-“, afirmou Valérica Popozuda. “Não queremos mais nenhuma árvore derrubada no país”, reforçou Maria Paula, ex-Casseta e Planeta.

O representante da CNBB, dom Guilherme Werlang, falou sobre o compromisso do Papa Francisco com o meio ambiente em sua encíclica recente, “Laudato Si”, e do compromisso da Igreja de estar junto de todos que lutam contra a corrupção, eleições limpas e em defesa do meio ambiente e populações tradicionais.

“Espero que o projeto possa mobilizar e sensibilizar o Congresso Nacional. É um momento importante para que possamos continuar pressionando, não apenas por pequenas mudanças e costuras de apêndices, mas por uma mudança profunda”, afirmou Dom Guilherme.

A líder indígena Sônia Guajajara defendeu que o êxito da campanha do Desmatamento Zero mostra que “os parlamentares devem legislar sobre questões de interesse da sociedade e não sobre os seus... LINK

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários, críticas ou elogios farão meu blog evoluir. Obrigado por participar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...