sexta-feira, 24 de julho de 2015

PORTO SOLIDÃO - 30 canções que falam de MAR em dez idiomas diferentes + 30 fotografias inéditas de Fernando Costa 24



Atlântico Norte- 2013 - foto de Fernando Costa



PORTO SOLIDÃO

Se um veleiro 
repousasse 
na palma da minha mão 

sopraria 
com sentimento 
e deixaria seguir sempre 
rumo ao
meu coração 

meu coração há calma de um mar 
e guarda tamanhos segredos 
de versos naufragados e sem tempo 

rimas de ventos e velas 
vida que vem e que vai 
a solidão que fica e entra 
me arremessando contra o cais 
rimas de ventos e velas 
vida que vem e que vai 
a solidão que fica e entra 
me arremessando contra o cais 

se um veleiro 
repousasse 
na palma da minha mão 

sopraria 
com sentimento 
e deixaria seguir sempre 
rumo ao meu coração 

meu coração ha calma de um mar 
e guarda tamanhos segredos 
de versos 
naufragados e sem tempo 

rimas de ventos e velas 
vida que vem e que vai 
a solidão que fica e entra 
me arremessando contra o cais 

rimas de ventos e velas 
vida que vem e que vai 
a solidão que fica e entra 
me arremessando contra o cais 

rimas de ventos e velas 
vida que vem e que vai ...


Leia uma explicação para esta série de posts clicando aqui.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários, críticas ou elogios farão meu blog evoluir. Obrigado por participar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...