terça-feira, 28 de julho de 2015

Calculando retas de altura pela PUB.249 - 30 problemas básicos de Navegação Astronômica para você se divertir 28







PROBLEMA Nº 28 - CÁLCULO DE RETAS DE ALTURA PELA PUB.249 VOLUME I

No dia 08/11/93, com o Veleiro de Oceano “Brekelé” no rumo 000°, velocidade 6,0 nós, na posição estimada Latitude 14° 12,0' S e Longitude 030° 03,0' W,
você faz as seguintes observações no crepúsculo vespertino:

ESTRELA - HORA DO CRONÔMETRO - ALTURA INSTRUMENTAL

ACHERNAR  - 20h 25m 40,0s - 28° 02,6'


ANTARES - 20h 26m 33,0s - 17° 27,5'


DENEB - 20h 27m 37,0s - 29° 09,0'


Sabendo-se que:


ei = + 1,6' ; Ea = + 00h 00m 22,0s ; Elev = 5,0m

Calcular as retas de altura pela PUB.249 Volume I e determinar a posição astronômica da embarcação.



- Encontre a solução para um problema semelhante a
este no capítulo 28b, página 931 do livro "Navegação Ciência e Arte", volume II, de autoria de Altineu Pires Miguens. 

- Detalhe, você poderá baixar gratuitamente o livro "Navegação Ciência e Arte", volume II, aqui e o Almanaque Náutico Brasileiro para 2015 aqui.

- Feliz?

- O quê?!!!!

-  Ainda não se deu conta, que a Navegação Astronômica é o rei dos jogos?

- Alô! Acorda Alice!

Fernando Costa

Leia uma explicação para esta série de 30 posts clicando aqui.

*Definições:

Os instantes tabulados no Almanaque Náutico para nascer e pôr-do-Sol e
crepúsculos obedecem às seguintes definições.

a. Nos instantes dados nas Tábuas do nascer e do pôr-do-Sol, o seu limbo superior
está no horizonte visual, para um observador no nível do mar e com o horizonte
claro.

b. Nos instantes correspondentes ao início e ao fim do crepúsculo civil, o centro
do Sol está 6º abaixo do horizonte, isto é, a distância zenital (z) do Sol é igual
a 96º. A intensidade de iluminação nos instantes dados para o crepúsculo civil (em
boas condições atmosféricas e na ausência de outra iluminação) é tal que os planetas e as estrelas mais brilhantes são visíveis e o horizonte está perfeitamente delineado.

c. Nos instantes correspondentes ao início e ao fim do crepúsculo náutico, o
centro do Sol está 12º abaixo do horizonte, isto é, a distância zenital (z) do Sol é
igual a 102º. Nos instantes tabulados para o crepúsculo náutico, o horizonte normalmente está invisível, sendo demasiadamente escuro para a observação de alturas com sextante.

Assim, o crepúsculo civil da manhã (matutino) inicia-se quando o centro do Sol
está 6º abaixo do horizonte e termina quando o limbo superior do Sol tagencia o
horizonte visual do observador. O crepúsculo náutico da manhã, por outro lado,
começa quando o centro do Sol está 12º abaixo do horizonte e seu término coincide
com o fim do crepúsculo civil da manhã (isto é, com o nascer do Sol – limbo superior
tangenciando o horizonte visual).

À tarde, o crepúsculo civil vespertino inicia-se quando o limbo superior do
Sol tangencia o horizonte visual do observador e termina quando o centro do Sol está 6º abaixo do horizonte. O crepúsculo náutico da tarde também começa no pôr-do-Sol (limbo superior tangenciando o horizonte visual do observador) e seu término ocorre quando o centro do Sol está 12º abaixo do horizonte.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários, críticas ou elogios farão meu blog evoluir. Obrigado por participar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...