segunda-feira, 2 de março de 2015

Viver a Bordo - 30 números favoritos da excelente revista portuguesa OCEANOS 2


Leia uma introdução a esta série de 30 posts clicando aqui.


link-da-imagem


"Viagem longa e arriscada, em que as condições de navegação mudavam continuadamente, alternando os dias bonançosos com os períodos de terríveis tempestades. 

As indesejáveis calmarias tropicais com os não menos inconvenientes frios austrais. 

Os pontos de difíceis manobras com os troços de
fácil governo. 

Os efeitos favoráveis de ventos e de correntes com a ação contrária de fatores idênticos."

Franscisco Contente Domingues & Inácio Guerreiro


2 - Viver a Bordo. Cascais: Os Segredos de uma Fortaleza. No Rio das Amazonas: Entre o Mito e a História, Lisboa, CNCDP, Outubro de 1989

FERREIRA, António Mega, [Editorial],  p. 3.
“Vasco Graça Moura: «Plano de Acções até 92 será divulgado em breve»”, pp. 6 – 8.
PAULINO, Francisco Faria, “Como Comemorar?”,  pp. 9 – 10.
“Homenagem a Colombo na ilha de Santa Maria – Açores”, p. 10.
“A partida da armada de 1537 nos estaleiros da Ribeira das Naus”, p. 11.
“Viagens no Atlântico no lugre «Creoula»”,  p. 12.
“Viagens de alunos da margem norte para a margem sul do Tejo, visitas a locais de interesse histórico e pequenas viagens fluviais num veleiro… e viagens do interior para o litoral”, p. 12.
“Philip Glass: uma ópera sobre os Descobrimentos”,  p. 13.
“Festival de Sagres 89”, p. 13.
“O Infante na RDA”,  p. 14.
“Plenário do Conselho Científico reune em Lisboa”,  p. 14.
“A Arte, os Descobrimentos e a Universidade debatidos em Coimbra”,  p. 15.
“Seminário para novos Investigadores”,  p. 15.
“Portugal assina protocolo com Guiné-Bissau”,  p. 15.
“Acordo com o Benim”,  p. 15.
“Exposições em 30 cidades assinalam a 10 de Junho”, O Dia (01/06/89),  p. 16.
“«Descobrimentos Portugueses»: vela é a grande vedeta”, O Comércio do Porto (2/6/89),  p. 16.
“Descobrimentos comemorados no Castelo de Leiria”, Jornal Europeu (9/6/89),  p. 16.
”«O Rosto de Camões» ”, O Século (10/6/89),  p. 17.
BÉLARD, Francisco, “«The Courrier/El Correo»”, Expresso (29/7/89),  p. 17.
PEREIRA, Paulo, “«Oceanos»”, Expresso (7/89),  p. 17.
RODRIGUES, Jorge, “«Oceanos»”, Revista Sábado (19/8/89),  p. 17.
CID, Margarida Sobral, “Restauro do Cristo dos Jerónimos”,  pp. 19 – 23.
MATOS, José Sarmento de, “Representação das Armas de Lisboa”,  pp. 24 - 25.
VELOSO, A. J. Barros e ALMASQUÉ, Isabel, “Casas com Barcos”,  pp. 26 – 31.
REIS, António Estácio dos, “Astrolábios Portugueses adquiridos em leilão na Christie’s”,  pp. 32 – 35.
DOMINGUES, Francisco Contente e GUERREIRO, Inácio, “Viver a Bordo”,  pp. 37 – 63.
MATOS, José Sarmento de, “Cascais. Os Segredos da Fortaleza”,  p. 65.
MOREIRA, Rafael, “Arquitectura Militar: História da Arte e Arqueologia”,  pp. 66 – 67.
BOIÇA, Joaquim Ferreira, “A Fortaleza da Luz e a Defesa da Barra”,  pp. 68 – 72.
“Fortaleza de Nossa Senhora da Luz e a Cidadela em 1738”,  p. 73.
“Fortaleza de Nossa Senhora da Luz – Prisão de Estado (1833)”,  p. 73.
RAMALHO, Margarida, “Em busca da Torre Perdida”,  pp. 75 – 81.
MATOS, José Sarmento de, “Retábulo da Igreja de Jesus de Setúbal”,  p. 83.
PEREIRA, Fernando António Baptista, “O Retábulo de Jesus e a Pintura Portuguesa do Séc. XVI”,  pp. 85 – 91.
MATOS, José Sarmento de, “No Rio das Amazonas”,  p. 93.
ALMEIDA, Bernardo Pinto de, “Tintim Nas Nossas Cabeças”,  p. 94.
FONTES, Luís Torres, “A Amazónia”,  pp. 96 – 99.
FONTES, Luís Torres, “Notas Históricas”,  pp. 100 – 103.
FONTES, Luís Torres, “A Lenda das Amazonas”,  pp. 104 – 106.
WASHBURN, Wilcomb E., “Os Primeiros Contactos com os Índios na América”,  pp. 109 – 113.
“Extractos da Carta de Pêro Vaz de Caminha”,  p. 114.
LOPES, Marília, “Brasiliana. Uma colecção particular exposta em Heidelberg”,  p. 116.
ALBUQUERQUE, Luís de, “«A Alemanha e os Descobrimentos Portugueses»”,  p. 117.
ALBUQUERQUE, Luís de, “Mamlousk, Ottomans et Portugais en Mer Rouge. L’Affaire de Djedda en 1517”,  p. 118.
MATOS, José Sarmento de, “As Navegações Portuguesas no Atlântico e no Índico”,  p. 119.
MATOS, José Sarmento de, “Tratado de Seguros de Pedro de Santarém”,  p. 119.
“Livro de Traças de Carpintaria”, p. 121.
COSTA, Melba Ferreira da, “Acerca do Livro de Traças”,  pp. 122 - 128.
LLANSOL, Maria Gabriela, “Nós Estamos de Volta”,  pp. 129 – 130.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários, críticas ou elogios farão meu blog evoluir. Obrigado por participar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...