sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Minha melhor festa de Natal - Retrospectiva 2014 - 30 NEWS pra contar um ano de aventura 30




Salvador, Bahia - 16/12/2014 - foto de Fernando Costa



Publicado neste blog em 25/12/2014

- Muito boa noite amigas e amigos leitores deste serial-blog dedicado à* divina* MAR, ao inteligente BARCO À VELA e ao sagrado MEIO AMBIENTE.

- Como foi a festa de Natal de vocês ontem à noite?


- Animada, alegre, feliz?


- Assim espero que tenha sido.


- A minha?


- A minha melhor festa do ano aconteceu dia

16 de dezembro de 2014 entre as 18 e 21 horas, aqui em Salvador da Bahia, onde me encontro desde o início do corrente mês de dezembro.



Salvador, Bahia - 16/12/2014 - foto de Fernando Costa


- Na verdade tratou-se de uma das festas mais animadas,  bonitas e agradáveis de que já participei em toda minha vida.


- Estão vendo as fotos que tirei especialmente pra mostrar pra vocês, não?


- Uma imagem vale por 1000 palavras, certo?


- Preciso acrescentar mais alguma coisa, após "dizer-lhes" essas 10.000 palavras azuladas?




Salvador, Bahia - 16/12/2014 - foto de Fernando Costa


- Talvez precise sim, porque pode haver algum leitor que nunca tenha ouvido falar do audaz, do dinâmico, do competente, do impressionante, do inigualável Aleixo Belov.


- Por falta de tempo pra escrever mais, vou abordar apenas dez tópicos.




Salvador, Bahia - 16/12/2014 - foto de Fernando Costa


1 - Acreditam que dei a imensa sorte de encontrar mestre Aleixo Belov em Angra dos Veleiros, distribuindo pessoalmente os convites e cartazes pra sua inesquecível festa de lançamento do livro ANTÁRTICA?


2 - Acreditam que tive o prazer, o privilégio e a honra de apertar-lhe a mão e que ele, Aleixo Belov em pessoa, convidou-me prontamente para sua inesquecível festa? (Ele que eu desejava tanto encontrar desde que decidi fazer escala em Salvador. Ele que eu tanto admiro desde que li seu primeiro livro "A Volta Ao Mundo Em Solitário" lançado em 1981 pela Editora Nórdica, de Salvador. Ele que tanto influenciou-me na minha decisão de tornar-me velejador solitário. Ele que é o primeiro velejador brasileiro a dar uma volta ao mundo em solitário. Ele que já realizou cinco importantes viagens oceânicas: quatro voltas ao planeta Terra, mais uma visita à Antártica.)




Salvador, Bahia - 16/12/2014 - foto de Fernando Costa


 3 - Acreditam que havia uma bela exposição fotográfica sobre a última viagem de mestre Aleixo Belov à Antártica, serpenteando, ilustrando, embelezando todo o salão de festa?


4 - Acreditam que havia um vídeo de ótima qualidade contando a expedição à Antártica, sendo projetado num telão durante todo o tempo que durou a festa?




Salvador, Bahia - 16/12/2014 - foto de Fernando Costa

5 - Acreditam que mestre Aleixo Belov passou mais de três horas assinando, sem parar, livros de sua autoria, adquiridos por seus numerosos convidados, que ele tratou com todo carinho e atenção, cumprimentando, abraçando e beijando carinhosamente, efusivamente aqueles e aquelas que vieram prestigia-lo com suas queridas presenças?


6 - Acreditam que eu que sigo uma "dieta espartana", "joguei a toalha" durante três horas, tendo bebido várias bebidas fermentadas e comido vários salgadinhos dos mais variados tipos, todos bonitos, saborosos e sãos, que só me deixaram sensações e lembranças agradáveis? 




Salvador, Bahia - 16/12/2014 - foto de Fernando Costa

7 - Acreditam que descobri no vídeo acima citado, que o primeiro velejador solitário Aleixo Belov, encontrou a primeira velejadora brasileira Izabel Pimentel, a quem chamo carinhosamente de "Princesa Izabel", durante suas duas últimas viagens, em Ushuaia?

8 -  Acreditam que o salão de festa estava todo iluminado com luzes teatrais, dirigidas de baixo pra cima, na cor azul turquesa, lembrando erupções vulcânicas submarinas no fundo da Fossa das Marianas, onde acabam de descobrir uma nova-espécie-de-peixe-vivo-translúcido a mais de 8.000 metros de profundidade?




Salvador, Bahia - 16/12/2014 - foto de Fernando Costa

9 - Acreditam que os convidados chegavam, conversavam, bebiam, degustavam os quitutes, adquiriam livros, ganhavam abraços, beijos e dedicatórias de presente de mestre Aleixo Belov e em vez de voltarem pras suas casas, ficavam, ficavam, ficavam indefinidamente no salão de festas... sem querer jamais partir?


10 - Acreditam que depois de todos esses elogios a mestre Aleixo Belov e à sua generosa festança terminarei meus comentários com duas críticas indiretas? Quais? As seguintes!




Salvador, Bahia - 16/12/2014 - foto de Fernando Costa

Primeira - Pena que mestre Aleixo Belov não continuou navegando sempre sozinho, sempre em solitário, como em sua primeira viagem. Digo isso apesar de admirar e muito seu democrático projeto "Fraternidade".

Segunda - Pena que a festa de que lhes falo com tanto entusiasmo e admiração não aconteceu a bordo do "Fraternidade". Porque? Porque festa pra ser perfeita precisa ser realizada a bordo de um barco à vela, de preferência velejando com tudo em cima em plena* MAR ou se isso não for possível, ancorado bem longe de terra.


- Percebem porque gosto tanto de viajar, amigos leitores?




Salvador, Bahia - 16/12/2014 - foto de Fernando Costa

- Porque foi graças à minha viagem MARítima, que já dura 25 meses, que cruzei caminho com alguns dos meus heróis, entre eles Michel Desjoyeaux, Francis Joyon, Mike Horn e pra "fechar com chave de ouro", como costuma dizer minha avó Balbina, Aleixo Belov, o russo-brasileiro-lobo-de-todas*-as*-MARes-e-oceanos.

- Parabéns, saúde e um Natal dos mais felizes pra você mestre Alexey Dimitrievitch Belov. 


Boas Festas e Feliz Natal pra todos vocês amigas e amigos leitores.


Fernando Costa


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários, críticas ou elogios farão meu blog evoluir. Obrigado por participar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...