domingo, 4 de janeiro de 2015

E quando eu chegar de volta ao Brasil... - Retrospectiva 2014 - 30 NEWS pra contar um ano de aventura 4




Oceano Atlântico, entre as Ilhas Canarias e o Arquipélago de Cabo Verde - foto de Fernando Costa


Publicado neste blog em 11/02/2014


Muito bom dia amigas e amigos leitores do oceânico serial-blog da Estrela!

Consegui, só Deus, se existir, sabe como, descolar, “no apagar das luzes”, “meu” sexto veleiro consecutivo e naveguei alegremente à vela, a bordo do
confortável e ágil “Guajira”, entre a ilha de Tenerife (Arquipélago das Canárias) e ilha de São Vicente (Arquipélago de Cabo Verde).
Ou seja, fui  feliz de novo.
Porque, como vocês sabem, felicidade pra mim, é
navegar à vela, entre uma ilha conhecida e outra desconhecida.
Meu próximo objetivo é o Brasil, que já foi “ilha” e agora é continente.
“Brasil, meu Brasil brasileiro... Vou cantar-te nos meus versos...”
E quando chegar ao Brasil, se eu conseguir mesmo navegar até um ponto qualquer do nosso colossal Brasil, terei completado três travessias oceânicas, concluindo assim a fase preparatória para o meu projeto de expedição “CEM ILHAS ANTES DE MORRER.”
Uma viagem com ida, mas sem volta.
Mas isso, no dizer do nosso querido Machado, “são coisas futuras”.
E coisas futuras são também coisas incertas.
Assim que puder respirar, conto mais pra vocês sobre meu presente, nesta belíssima ilha cabo verdiana de São Vicente, que adoraria explorar nos seus mínimos recantos, antes de partir.
Bons ventos e até breve!
Fernando Costa
Escrito depois:  Não sei se vocês perceberam, mas eu parti da América do Sul (Brasil) em 1º de novembro de 2012.
Voei até a Europa (Inglaterra e França).
 Depois naveguei até a América Central (Saint Martin).
 Depois voltei pra Europa (Portugal, Espanha e Reino Unido) navegando por MAR e à vela e agora acabo de chegar à África (Cabo Verde).
 Qual conclusão importante tirei após esse longo périplo por três continentes?
Que só existe no mundo essa eterna novidade, VIAJAR.
Isso apesar do trator que a Sociedade de Consumo passou em cima do planeta Terra, reduzindo-lhe a encantadora biodiversidade em todos os reinos:  animal, mineral e vegetal.

Feliz do Marco Polo, que viajou antes, muito antes, desse desastre ecológico-cultural-artístico-científico acontecer.

Fernando Costa 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários, críticas ou elogios farão meu blog evoluir. Obrigado por participar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...