domingo, 2 de novembro de 2014

Golfo de Gasconha - 30 perguntas com respostas sobre as minhas três travessias do Atlântico (2013/2014) a bordo de sete veleiros diferentes, todos estrangeiros 2



Golfo de Gasconha – 08/02/2013 – Sexta-feira - 11 h 42 – Foto de Fernando Costa




2 – Quais foram os três momentos mais perigosos, vividos por mim durante minhas três travessias do Atlântico a bordo de sete veleiros diferentes, realizadas em 2013/2014?

* A travessia do famigerado Golfo de Gasconha em pleno inverno a bordo do
catamarã canadense “Ocean Sun” (um Lagoon 450 novinho em folha) enfrentando ventos de mais de 60 nós de velocidade. Jamais esquecerei do dia 8 de fevereiro de 2013, vide foto acima, durante o qual senti medo de morrer a cada minuto. Porque? Porque de um em um minuto Netuno dava uma violenta porrada no casco do “Ocean Sun”. Jamais saberei porque aquele catamarã resistiu a tamanha pancadaria. Viram acima o pedacinho de genoa que nos arrastava a oito nós de velocidade, com a grande arriada?

** Orçar com ventos de mais de 35 nós, à noite, em pleno canal de Gibraltar, a bordo do veleiro monocasco gibraltino “Ocean Fun” (não confundir com o nome do catamarã anteriormente citado, que se chama "Ocean Sun"), sem poder contar com o motor, anteriormente avariado. (agosto de 2013)

*** Orçar durante os últimos sete dias da travessia Saint-Martin (Caribe) - Faial(Açores) que durou 21 longos dias, contra ventos relativamente fortes e ondas grandes, causados por uma série de pequenas tempestades, localizadas ao sul do arquipélago dos Açores, a bordo do veleiro monocasco dinamarquês “Grådyb”



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários, críticas ou elogios farão meu blog evoluir. Obrigado por participar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...