quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Recife da minha infância - Poemas de Manuel Bandeira versos grafites, na ilha do Recife 13


Leia uma introdução a esta série de 30 posts clicando aqui


Grafite de rua em Recife, Pernambuco, Brasil - 2014 - foto de Fernando Costa


"Recife

Não a Veneza americana

Não a Mauritsstad dos armadores das
Índias Ocidentais

Não o Recife dos Mascates

Nem mesmo o Recife que aprendi a amar depois

— Recife das revoluções libertárias

Mas o Recife sem história nem
literatura

Recife sem mais nada

Recife da minha infância."

Manuel Bandeira


Leia uma introdução a esta série de 30 posts clicando aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários, críticas ou elogios farão meu blog evoluir. Obrigado por participar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...