segunda-feira, 28 de julho de 2014

Debaixo de mais um violento pirajá - "Travessia São Vicente (Cabo Verde) - Recife (Brasil), passando pelo paraíso de Fernando de Noronha (Brasil), a bordo da escuna de casco vermelho franco-suíço-gibraltina “Madame La Miette" 28



Oceano Atlântico - quinta-feira - 5/06/2014 – 18 h 23 – Foto de Fernando Costa


- Queríamos navegar rumo sul, no rumo mais ao sul possível, mas os alíseos de SE nos trouxeram até Recife, onde chegamos debaixo de um violento
pirajá, ao anoitecer de quinta-feira, dia 5 de junho de 2014.

- Isso depois de termos enfrentado uma "ribambelle" (como dizem os franceses), de pelo menos cinco pirajás consecutivos, entre o norte da ilha de Itamaracá e a ilha de Recife.

- Como "Madame La Miette" é incapaz de orçar, a solução foi arribar.

- O colega velejador, já tinha visto uma escuna que não orça?

- Eu, confesso que nunca.

- Pra mim a especialidade de toda escuna é, sempre foi, sempre será orçar.

- Ou será que me engano?


Fernando Costa

 TRIGÉSIMO TERCEIRO DIA DA TRAVESSIA SÃO VICENTE (CABO VERDE) - RECIFE (BRASIL), PASSANDO PELO PARAÍSO DE FERNANDO DE NORONHA (BRASIL) A BORDO DA ESCUNA DE CASCO VERMELHO FRANCO-SUÍÇO-GIBRALTINA "MADAME LA MIETTE"


Leia uma introdução à esta série de posts aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários, críticas ou elogios farão meu blog evoluir. Obrigado por participar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...