domingo, 1 de junho de 2014

A hora azul e dourada - "Fernando de Noronha, a verdadeira Shangri-la" 1


Fernando de Noronha - maio de 2014 - foto de Fernando Costa
PATRICK MÜLLER (nascido na França e morador de Fernando de Noronha há mais de vinte anos)

1 – O que você pensa de Fernando de Noronha?

Fernando de Noronha é o Brasil potencializado, ou seja, se o Brasil é bonito, Fernando de Noronha é dez vezes mais bonito que o resto do Brasil. Se os brasileiros são
gentis, os noronhenses são dez vezes mais gentis que os demais brasileiros, e por aí vai.


2 – Qual o seu lugar favorito em Fernando de Noronha e porquê?

A “Praia do Bode”, porque trata-se de uma praia que evolui em função das estações do ano,  ou seja, cada vez que você a visita, se depara com um espetáculo natural diferente. Também pela proximidade das ilhotas gêmeas “Dois Irmãos”, que constituem o segundo cartão postal mais conhecido do arquipélago e porque curiosamente ainda é uma praia pouco frequentada.

3 – Qual a sua ilhota favorita do arquipélago de Fernando de Noronha?

“Ilha do Meio”.


4 – O que você mais gosta de fazer em Fernando de Noronha, quando não está trabalhando?

Fotografar o arquipélago durante o crepúsculo vespertino, entenda-se, durante a “hora azul e dourada”.
------------------
Meu comentário
"Tive o imenso prazer de conhecer o Sr. Patrick Müller em Fernando de Noronha e admirar sua bela casa, sua simpática loja "Atlantis", mais seu aconchegante restaurante "O Pico" (comida, diversão + arte), onde saboreamos um café bem brasileiro, seguido de uma deliciosa sobremesa, em companhia do skipper Christian Moulinat, proprietário da cascuda escuna "Madame la Myette", a bordo da qual velejei de Cabo Verde até Fernando de Noronha. Por acaso, no mesmo dia, encontramo-nos, durante o crepúsculo vespertino, no alto do Forte dos Remédios, de onde Patrick Müller, que além de empresário é ótimo fotógrafo, registrava mais uma bela vista de Fernando de Noronha. Aqui entre nós, se o amigo leitor não gostou da minha foto acima (propositadamente tremida - juro!), procure pela foto feita por mestre Patrick Müller no mesmo dia, horário e local, que fatalmente você gostará dela."
........................
Fernando de Noronha na Wikipédia, a Enciclopédia Livre
Fernando de Noronha é um arquipélago pertencente ao estado brasileiro de Pernambuco, formado por 21 ilhas de origem vulcânica, ocupando uma área de 26 km², situado no Oceano Atlântico, a nordeste da capital pernambucana, Recife.
Constitui um Distrito estadual de Pernambuco desde 1988, quando deixou de ser um território federal, cuja sigla era FN, e a capital era Vila dos Remédios. É gerida por um administrador-geral designado pelo governo do estado.
A ilha principal tem 17,017 km² e fica a 543 km da capital pernambucana.
Após uma campanha liderada pelo ambientalista gaúcho José Truda Palazzo Jr., em 14 de outubro de 1988 a maior parte do arquipélago foi declarada Parque Nacional, com cerca de 11,270 há, para a proteção das espécies endêmicas lá existentes e da área de concentração dos golfinhos rotadores (Stenella longirostris), que se reúnem diariamente na Baía dos Golfinhos - o lugar de observação mais regular da espécie em todo o planeta.
O centro comercial em Noronha é Vila dos Remédios, mas não é considerada capital por ser a ilha um distrito estadual. A administração do parque nacional está atualmente a cargo do... LINK



 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários, críticas ou elogios farão meu blog evoluir. Obrigado por participar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...