sábado, 24 de maio de 2014

O aroma ácido das MAResias - poetas cabo verdianos cantam MAR e ILHAS 24





Ilha de São Vicente - Cabo Verde - 2014 - foto de Fernando Costa


“Havia o noturno

aroma tenuíssimo.

Tão tenuíssimo, que só

o
poeta o pressentia.

E não era

nem vegetal

nem mineral

nem era

mesmo diluído

o aroma ácido das MAResias

nem era da terra

nem era das casas

nem dos fermentos distantes

nem da aragem.”

Jorge Barbosa




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários, críticas ou elogios farão meu blog evoluir. Obrigado por participar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...