quinta-feira, 1 de maio de 2014

As aves MARítimas de vôo largo - poetas cabo verdianos cantam MAR e ILHAS 1



foto de Fernando Costa


“Quando o descobridor chegou à primeira ILHA
nem homens nus
nem mulheres nuas
espreitando
inocentes e medrosos
detrás da vegetação.
Havia somente
as
aves de rapina
de garras afiadas
as aves MARítimas
de vôo largo
as aves canoras
assobiando inéditas melodias.”

Jorge Barbosa


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários, críticas ou elogios farão meu blog evoluir. Obrigado por participar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...