terça-feira, 29 de abril de 2014

Auriverde pendão de minha terra - "Navio Negreiro" do genial brasileiro Castro Alves 29


Leia uma introdução à esta série de 30 posts clicando aqui.


Auriverde pendão - foto de Fernando Costa


 Auriverde pendão de minha terra, 
Que a brisa do Brasil beija e balança, 
Estandarte que a luz do sol encerra 
E as promessas divinas da esperança... 
Tu que, da liberdade após a
guerra, 
Foste hasteado dos heróis na lança 
Antes te houvessem roto na batalha, 
Que servires a um povo de mortalha!...   
 
"Navio Negreiro"
 

Castro Alves

Leia uma introdução à esta série de 30 posts clicando aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários, críticas ou elogios farão meu blog evoluir. Obrigado por participar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...