terça-feira, 4 de março de 2014

Seja o que deus, se existir, quiser! - Velejando da ilha da Madeira (Portugal) à ilha de São Vicente (Cabo Verde), passando pela ilha de Tenerife (Espanha) - Diário Ilustrado - 4

- Leia uma introdução à esta série de posts aqui.



Ilha da Madeira  – 14/11/2013 - Foto de Fernando Costa





Antes de embarcar, subi no alto dique de cimento (que defende a pequenina enseada de Paúl da MAR, da fúria de Netuno) e olhei pra linha do horizonte... Haja coragem (não?), pra um marujo adentrar um barco à vela desconhecido, em companhia de skipper e tripulantes "desconhecidos", pra cruzar um bom
pedaço de MAR desconhecido, rumo a uma ilha totalmente desconhecida. Sim, sim, acreditem se quiserem, mas eu sou aquele que nunca escolhe barco pra navegar . Embarco no primeiro, em que me aceitam como tripulante e seja o que deus, se existir, quiser. O amigo leitor teria coragem de fazer o mesmo?

Fernando Costa

 PRIMEIRO DIA DE VIAGEM - VELEJANDO DA ILHA DA MADEIRA (PORTUGAL) À ILHA DE SÃO VICENTE (CABO VERDE), PASSANDO PELA ILHA DE TENERIFE (ESPANHA)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários, críticas ou elogios farão meu blog evoluir. Obrigado por participar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...